fbpx

EMECE é referência no Ensino Híbrido

Um dos poucos consensos na Educação é o de que estratégias com recursos tradicionalmente analógicos (anotações em mapas mentais, atividades manuais, rodas de diálogos presenciais) devem se harmonizar com os recursos digitais (Internet, armazenamento em nuvem, compartilhamento de dados em modo virtual) – o Ensino Híbrido.
O EMECE vem se destacando e sendo reconhecido como referência no emprego destas inovações, servindo de case de sucesso para matéria sobre o tema no programa Super Poderosas da Band TV no dia 21/08 (http://gg.gg/EMECEnaBandEH).

Tal integração da tecnologia às práticas educacionais, além de ser confortável ao aluno por fazer parte de seu cotidiano, consegue extrair mais de sua participação e habilidades individuais, potencializando a personalização do ensino, a autonomia do estudante e sua capacidade de compartilhar informações, levando-o ao protagonismo de seu aprendizado, onde ele deixa de ser um receptor de informações e passa a ser um agente da construção do saber.

Há uma dúvida comum acerca de se os recursos tecnológicos não distanciariam as relações pessoais, porém a experiência no EMECE tem mostrado o contrário: alunos normalmente tímidos e sem facilidade de se expressarem pelos recursos tradicionais, conseguem desenvolver espírito colaborativo e trabalham em equipe, exercitando o raciocínio lógico e a concentração por meio de ferramentas digitais que favorecem o compartilhamento de informações e ações.

Obviamente que para os resultados sejam o que esperamos, contamos em nossa escola com uma equipe de educadores em formação contínua, que exercitam e praticam em suas aulas recursos como a sala de aula invertida (na qual estímulos prévios à ação do professor são dados para que o aluno chegue à aula com reflexões e curiosidades que favorecerão um aprendizado significativo) e também a rotação de estações (onde os alunos são divididos em grupos menores que passam por situações reais e virtuais de aprendizagem, podendo receber a atenção mais direcionada do professor).

Estamos muito satisfeitos em saber que nossas práticas são respaldadas nas mais recentes evidências da neurociência e principalmente, no sorriso curioso de nossos alunos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *